biografia

Roberto de Mattei nasceu em Roma a 21 de Fevereiro de 1948, filho do Barão Rodolfo de Mattei (1899-1981), professor emérito da Universidade de Roma, e de Michela Tarquini.

Uma vez completado o ensino secundário no Liceu “Massimiliano Massimo”, formou-se em História Contemporânea na Faculdade de Ciências Políticas da Universidade Roma “La Sapienza” (1972). Foi aluno do filósofo Augusto Del Noce e do historiador Armando Saitta, mas considera-se sobretudo um discípulo do Prof. Plínio Corrêa de Oliveira, que pôde conhecer ao longo de vinte anos (1976-1995) e a quem viria a dedicar uma biografia. De 1 de Novembro de 1978 a 1 de Novembro de 1981, depois de ter sido escolhido por concurso nacional, foi aluno da Escola anexa ao Instituto Histórico Italiano para a Idade Moderna e Contemporânea de Roma. Superado o exame de professor associado em 1982, para a secção científica M-STO/02, História Moderna, passaria a ser titular da cátedra de História Moderna da Faculdade de Letras da Universidade de Cassino (1985-2009). Desde 2005, é professor associado da Universidade Europeia de Roma, onde ensina as disciplinas de História Moderna e História do Cristianismo, sendo ainda coordenador da licenciatura em Ciências Históricas dessa mesma universidade. É também presidente da Fundação Lepanto e fundou e dirigiu o Centro Cultural Lepanto entre 1982 e 2006. Dirige as revistas “Radici Cristiane” e a agência de informação “Corrispondenza Romana”, e entre 2002 e 2013, foi também director da revista internacional “Nova Historica”. Entre 2003 e 2011 foi vice-presidente do Conselho Nacional para a Investigação Científica, tendo a seu cargo o sector das Ciências Humanas, e entre 2002 e 2006, foi conselheiro do Governo italiano para as questões internacionais. Além disso, foi membro dos Conselhos Directivos do Instituto Histórico Italiano para a Idade Moderna e Contemporânea e da Sociedade Geográfica Italiana, e fez parte do “Board of Guarantees” da “Italian Academy” da Columbia University, em Nova Iorque (2005-2011).

É autor de numerosos livros, traduzidos em diversas línguas, alguns dos quais granjearam importantes reconhecimentos. Casou-se em 1972 com Rita di Campello e é pai de cinco filhos.

Em 2008, foi agraciado pelo Papa com a comenda da Ordem de São Gregório Magno, em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à Igreja.

 

Libri pubblicati